Policial militar mata a própria esposa com tiro no rosto

Um crime de causas ainda desconhecida envolve um casal de policiais militares. O soldado da Polícia Militar do Estado do Pará, identificado apenas como F. Santos, teria matado a própria esposa com um tiro na região do tórax na noite desta terça-feira (15). A mulher do PM também era policial militar e atuava no mesmo batalhão que o marido. A vítima foi identificada como cabo Andreza.

Ministério Público vai instaurar inquérito para apurar as causas do homicídio

Nas redes sociais, o episódio está tendo grande repercussão. Ainda não há detalhes sobre os motivos do homicídio, que foi confirmado pelas autoridades policiais paraenses.

De acordo com informações, foi o próprio soldado |F. Santos, que teria levado a mulher para um hospital particular, em Ananindeua, no entanto, ela não resistiu ao ferimento e morreu alguns minutos depois.

De acordo com o promotor de Justiça Militar Armando Brasil Teixeira o caso será investigado e um  Inquérito Policial Militar (IPM) deverá esclarecer a motivação do crime. “Trata-se de crime de militar da ativa contra militar da ativa, é claro que precisaremos esclarecer todo o contexto, mas de imediato vou instaurar o IMP para ouvir o suspeito, as testemunhas”, afirmou o promotor.

A Polícia Militar providencia o serviço de apoio psicológico para o soldado, que já está no Batalhão, não divulgado até então.    

Deixe uma resposta