Cantor paraense morto a tiros na porta de casa

Os moradores de Capitão Poço, município localizado na região nordeste paraense, ainda estão em choque com o assassinato do cantor Madson Felintro, 38 anos, executado a tiros em frente à sua casa, no Parque Aurora, na periferia da cidade, na noite desta terça-feira (22). O crime tem características de execução e causou grande comoção na população.

Testemunhas disseram que a vítima estava em casa, quando dois homens em uma moto chegaram e efetuaram pelo menos cinco vezes contra o cantor. Segundo o major Diego Santos, comandante da 10ª Companhia Integrada da Polícia Militar (10ª CIPM), ao menos dois projéteis acertaram Madson.  A polícia não tem pistas dos suspeitos.

A Polícia Civil abriu um inquérito policial para investir o homicídio e trabalha com a hipótese de crime de execução, possivelmente motivada por acerto de contas. A morte do cantor abalou toda a cidade, uma vez que ele era uma pessoa muito querida entre os moradores.

Artista carismático e bem relacionado com seu público, Madson fazia shows na cidade e tocava em clubes da cidade e região com repertório bastante diversificado. O pai dele é comerciante no município e também é muito conhecido por lá.

A vítima deixou esposa e duas filhas.

Até o momento ninguém foi preso.

Deixe uma resposta