Padre de Belterra é encontrado morto em uma residência no Bela Vista do Juá, em Santarém (PA)

Foi encontrado neste domingo (3), o corpo do padre  Jose Ronaldo de Brito, 37 anos, em uma residência na ocupação Bela Vista do Juá, em Santarém, no oeste do Pará. As primeiras informações davam conta que a vítima apresentava perfurações pelo corpo.

Mas, peritos do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPC), informaram à imprensa que, inicialmente, não foram encontradas marcas de violência no corpo da vítima, ou seja, não havia ferimentos com algum tipo de arma, nem branca e nem de fogo. Contudo, foi constatado sangue no corpo do padre, que foi encontrado caído no chão de um dos quartos do imóvel.

No entanto, segundo o CPC, somente após a perícia detalhada no corpo, que já estava em avançado estado de decomposição, é que será possível apontar a causa da morte do religioso.

Corpo do padre José Ronaldo, vigário de Belterra, foi encontrado com várias perfurações

Padre José Ronaldo era vigário do município de Belterra. Ele também era coordenador da Pastoral Carcerária da Arquidiocese de Santarém.

A Polícia Civil, por meio da especializada em homicídios está investigando o caso o caso.

Ele era natural da cidade de Aliança, no estado de Pernambuco. Na próxima semana, o religioso viajaria de férias para a sua terra natal.

 A Arquidiocese de Santarém divulgou uma nota de falecimento pela morte brutal de padre José Ronaldo Brito, pároco da Paróquia Santo Antônio de Pádua de Belterra. Assinada pelo arcebispo metropolitano Dom Irineu Roman, a nota lamenta o falecimento do religioso e pede orações da comunidade cristã pela perda do membro do clero.

Matéria foi atualizada às 17 horas com novas informações.

Deixe uma resposta