Acidente com ônibus de turismo que saiu do Pará deixa 19 mortos e 33 feridos

Um ônibus de turismo que saiu de Ananindeua, no Pará, com destino a Balneário Camboriú (SC), caiu de um despenhadeiro no quilômetro 668 + 10 da rodovia BR-376, em Guaratuba, no Paraná, na manhã desta segunda-feira (25). O acidente deixou 19 vítimas fatais e 33 feridas (sete em estado grave e seis com ferimentos moderados), de acordo com o último boletim divulgado pela Polícia Rodoviária Federal no Paraná.

O veículo, que pertence à frota da empresa TC Turismo, sediada em Ananindeua, levava 54 passageiros e dois motoristas. De acordo com informações preliminares, o ônibus teria saído da pista próximo à Curva da Santa e invadido o acostamento, caindo em uma ribanceira.

Os primeiros atendimentos no local foram feitos por equipes do Corpo de Bombeiros do Paraná e pelo Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA). Com o auxílio de cães do CBMPR, foi feita uma varredura minuciosa no local após a retirada do veículo para garantir que todas as vítimas haviam sido removidas. Os corpos das 19 pessoas mortas no acidente foram levados para o IML de Curitiba. Os feridos foram encaminhadas para hospitais em Curitiba e Joinville.

De acordo com os órgãos de segurança do Paraná que acompanham o caso, o motorista que estava conduzindo o ônibus no momento do acidente saiu ileso e foi encaminhado para a Delegacia da Polícia Cívil de Guaratuba. O outro ainda não foi localizado e pode estar tanto entre os feridos ou mortos, como pode ter deixado o local.

Governo do Pará lamentou a tragédia e se colocou a disposição das famílias das vítimas

O governador do Pará, Helder Barbalho, publicou nota lamentando o acidente e colocando o aparato de segurança pública do estado a disposição dos familiares das vítimas para as medidas que forem necessárias.

“É com muita tristeza que recebi a notícia do grave acidente, em Guaratuba, no litoral do Paraná, envolvendo um ônibus de turismo de Belém. Imediatamente, pedi para o secretário de segurança do Estado entrar em contato com os responsáveis pelo resgate, no local do acidente, para identificar as vítimas e prestar o apoio necessário. Meus sentimentos aos que perderam familiares nesse terrível incidente. O Governo irá acompanhar para dar o suporte necessário”, declarou o governador Helder Barbalho, no Twitter.

As causas do acidente, no trecho conhecido como Curva da Santa, estão sendo levantadas. O trecho, que é administrado por uma empresa privada, está parcialmente interrompido, enquanto os resgates são conduzidos pelo Corpo de Bombeiros Militares do Paraná. Os feridos estão sendo distribuídos entre Curitiba e Joinville.

Empresa de turismo informa que está prestando auxílio às vítimas

A empresa de turismo TC Pires da Cruz divulgou nota informando que tomou conhecimento do acidente por volta das 9h desta segunda-feira e enviou um responsável para o local do acidente a fim de prestar auxílio às vítimas.

Segundo a TC, o ônibus saiu de Belém na última sexta-feira (22), às 18h, com destino à Santa Catarina, e teria sido fretado por uma terceira pessoa, responsável pelo grupo, que também estava no ônibus que capotou.

De acordo com a lista de passageiros fornecida pelo contratante da viagem, havia 50 pessoas a bordo. A empresa ainda desconhece as causas do acidente e informa que está providenciando um meio de comunicação para prestar informações aos familiares.

“A TC Pires da Cruz informa que prestará todo apoio necessário às vítimas e familiares e não medirá esforços para amenizar a dor de cada um dos paraenses envolvidos no acidente, assim como a dos seus entes queridos, neste momento tão difícil para todos”, diz a nota.

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta