‘Clube das Quintas’ e ‘Cultura na Comunidade’ retornam a apresentação em versão virtual

E os amantes da música regional que estão com saudades das apresentações dos artistas da terra terão uma oportunidade de rever seus ídolos a partir da próxima semana. Os projetos ‘Clube das Quintas’ e ‘Cultura na Comunidade’ serão retomados pela Secretaria Municipal de Cultura (Semc), mas em formato totalmente virtual.

A música regional volta em formato virtual com os projetos ‘Clube das Quintas’ e ‘Cultura na Comunidade’. Foto: Divulgação Semc

Adaptados para as redes sociais, ambos os projetos voltam a se apresentar em live, que será transmitida no Facebook e Youtube, a partir das 20 horas, nos dias 25 e 26 de fevereiro, respectivamente.

Toda a ambientação será na Casa da Cultura sem presença de público e respeitando todos os protocolos sanitários entre os artistas participantes. 

O secretário municipal de cultura, Luis Alberto Figueira, explica que a estratégia de divulgação online proporciona entretenimento e também respeita o isolamento social. “Infelizmente, a dinâmica dos últimos anos dos projetos em estar próximo ao público não será possível. No entanto, a qualidade das apresentações artísticas culturais permanece a mesma e temos certeza que muitos talentos serão revelados. Contamos com o público para prestigiar de forma virtual”, explicou Pixica.

“Nas quintas-feiras teremos o Projeto “Clube das Quintas”. As primeiras exibições serão com os músicos do Regional Mocorongo da Semc e depois incluirá as participações de músicos convidados. Aos sábados será transmitido o “Projeto Cultura na Comunidade”, em que o diferencial são as participações de talentos artísticos vindos dos bairros acompanhados pelos músicos do Regional e convidados. Para todas as atividades serão obedecidas as medidas de prevenção e combate a covid-19”, finalizou o titular da pasta da Cultura no município.

Formação do Grupo Regional Mocorongo:

Adriano Dourado (bateria), Andreson Dourado (piano), César Crioulo (percussão), Gean Araújo (trombone), Jedel Salgado (trompete), Marcos Tapajós (guitarra e violão), Renan Pereira (baixo), Marcelle Almeida (vocal),

Prevenção e cuidados – O rigor com medidas reiteradas rotineiramente pelas autoridades de saúde pública será seguido à risca pela equipe. Para proporcionar tranquilidade aos envolvidos, todos usarão máscaras, exceto os músicos de sopro e vocal. E a higienização das mãos com álcool em gel será feita constantemente.

As informações são da jornalista Alciane Ayres / Ascom Semc

Deixe uma resposta