Dono de loja de artesanato preso pela PF é colocado em liberdade

O dono da loja Aribabá Cultura Indígena, Marcelo Gananca, preso na última segunda-feira (19), durante a operação ‘Ceharitauá’, da Polícia Federal, que combate a comercialização de artefatos arqueológicos, foi colocado em liberdde na noite de terça-feira (20), por determinação da Justiça Federal. A informação é do site OEstadoNet, divulgada nesta quarta-feira (21).

Marcelo Gananca, preso na segunda-feira pela PF, foi colocado em liberdade nesta terça-feira. Foto: Divulgação/PMS

Segundo o OEstadoNet, o advogado Michell Durans, que atua na defesa de Gananca, o juiz federal aplicou medidas cautelares à prisão do cliente.

Durans afirma que as peças apreendidas pela Polícia Federal na loja de propriedade de Marcelo Gananca não possuem comprovação técnica de que são realmente de origem arqueológicas.

Deixe uma resposta