Projeto que cria a Escola do Legislativo é aprovado na Câmara Municipal de Santarém

O presidente da Câmara Ronan Liberal Jr. (MDB) usou o tempo de tribuna, na tarde desta quarta-feira (19), para destacar o Projeto de Resolução N° 464/21 que cria a Escola do Legislativo da Câmara Municipal de Santarém, que se denominará ‘Vereador Raimundo Navarro dos Santos’ em homenagem ao ex-vereador e presidente da Câmara que também foi professor, diretor em escolas e secretário municipal de Educação.

A Escola do Legislativo é uma ação inovadora que traz para a Câmara a vanguarda na capacitação e qualificação do Poder Legislativo. Foto: Ascom/Câmara

“É muito importante que um projeto como esse seja implementado. O horizonte que se abrirá a partir da instituição desse projeto dessa criação dessa escola que dará conceito técnico científico, não só a servidores e agentes políticos da Casa, mas também proporcionará a sociedade fazer bom uso das ferramentas que essa escola trará para essa Casa”, afirmou o emedebista.

O Projeto de Resolução é do Poder Legislativo, subscrito por todos os parlamentares, e será um instrumento fundamental para que a Educação seja fortalecida no município. Já foi discutido junto ao Tribunal de Contas dos municípios, por meio da Escola de Contas, e formalizado junto à Ordem dos Advogados do Brasil por meio da Escola Superior de Advocacia. Ainda será encaminhando às instituições de ensino do município e demais órgãos públicos.

“A Escola do Legislativo é uma ação inovadora que traz para a Câmara a vanguarda na capacitação e qualificação do tanto desta Casa, como do município. Como família do professor Navarro, ficamos muito felizes e gratos pela homenagem e reconhecimento ao professor Navarro que faleceu em 2020 vítima da Covid-19”, afirmou o servidor público Dayan Serique, filho do saudoso ex-vereador Raimundo Navarro.  

O presidente Ronan também destacou a aprovação do Centro Regional de Governo do Baixo Amazonas em resposta ao ofício que solicita a criação de uma Escola Estadual para Santarém-Curuá-Una.

“Estamos pleiteando esse requerimento desde 2020. Esse ano fizemos novamente uma solicitação e tivemos resposta positiva de viabilidade de implantação dessa escola que vai atender aos moradores dessa região”, enfatizou.

Para a construção da escola, será aproveitado a estrutura da escola municipal Francisca Eliete na Comunidade Jacamim, uma vez que essa escola não é utilizada atualmente pela Secretaria Municipal de Educação, pelo fato de a comunidade local preferir utilizar a escola antiga da vila. Além dessa, também será implantada outra escola no Distrito de Boa Esperança, para a qual já houve solicitação à Secretaria de Educação do Estado.

Ascom/ assessoria parlamentar

Deixe uma resposta