Estão abertas as inscrições para o segundo ciclo do Programa Brasil Mais

Criado para promover a competitividade de microempresas e empresas de pequeno porte, o programa Brasil Mais está com as inscrições abertas. Podem se inscrever pequenos negócios de todas as regiões do estado. O foco do Brasil Mais é fomentar a produtividade e a competitividade dos pequenos negócios, por meio da promoção de melhorias rápidas e de custo reduzido, promovendo soluções para otimizar a gestão, inovar processos, reduzir desperdícios e aumentar o faturamento.

Cada ciclo possui quatro meses de trabalho, com atendimentos gratuitos realizados por uma equipe de agentes locais de inovação, capacitada pelo Sebrae, de forma presencial ou remota. Dessa forma, os agentes locais conseguem relatórios precisos e apontam soluções efetivas para melhorias significativas dos negócios nos setores de Comércio, Serviços e Indústria, utilizando métodos avançados e atualizados de inovação.

“O Brasil Mais incentiva os empreendedores a acelerarem os negócios nesse momento de retomada. Além do acompanhamento mais próximo, as empresas poderão contar com soluções de curto prazo e alto impacto”, pontua o gerente do Sebrae na região Baixo Amazonas, Michell Martins.
Brunoro Giordano, empreendedor de Oriximiná, é um dos empreendedores que participou do primeiro ciclo do Brasil Mais e enfatiza a importância do Programa. “Transformadora a experiência. Consegui reduzir custos fixos. Eu calculava meus preços errados por não ter o indicador na mão. Consegui aumentar meu lucro”, destaca o empreendedor.

O programa

O Brasil Mais é uma iniciativa da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, com gestão operacional da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e executado pelo Sebrae e pelo Senai. Os parceiros são responsáveis pelo acompanhamento aos empreendedores. O programa é executado em quatro ciclos, com quatro meses de acompanhamento a cada ciclo.

No Pará, as ações do Sebrae no programa vão até julho de 2022. No primeiro ciclo foram aplicadas soluções em mais de 500 microempresas e empresas de pequeno porte, com foco em produtividade, redução de custos e melhoria de processos.

Após cada ciclo do programa, o empresário atendido pelo Sebrae ainda pode optar por potencializar os serviços realizados por meio do Brasil Mais, acessando outros produtos da instituição. O empresário paga apenas uma porcentagem do valor total do serviço, sendo o restante subsidiado pelo Sebrae, que entra com até 99% do total a ser investido.
Serviço: As inscrições para participar do Brasil Mais são realizadas por meio do portal www.pa.sebrae.com.br. Mais informações, pela Central de Relacionamento (0800 570 0800).

Fonte: Sebrae Pará

Deixe uma resposta