Detran inicia repescagem do Programa CNH Pai D’égua

Os candidatos selecionados para o Programa Social CNH Pai D´égua que ainda não efetivaram a matrícula estão com uma nova oportunidade de garantir a vaga no programa. O Governo do Estado, por meio do Departamento de Trânsito do Estado (Detran), iniciou nesta última segunda-feira (13), a fase de repescagem para candidatos que faltaram ao agendamento da matrícula ou que compareceram, mas ficaram com pendência na documentação.

A nova oportunidade de chamada para o programa CNH Pai D’Égua segue até o próximo dia 17, das 9h às 17h, na sede do Detran e nas Ciretrans (Circunscrição Regional de Trânsito). Foto: Agência Pará

No primeiro dia de repescagem o movimento foi tranquilo na sede do Detran, em Belém. Desde as primeiras horas da manhã, os candidatos começaram a chegar para efetivar a matrícula. Para tornar o processo mais ágil, o Detran montou uma estrutura ampla de atendimento para os beneficiários. Além do atendimento de balcão, os candidatos que comparecerem à repescagem já têm à disposição clínica médica e psicotécnica, laboratório de exame toxicológico e biometria.

Crédito: Divulgação
“Montamos toda essa estrutura para que o atendimento ocorra de forma organizada, ágil e completa. Dessa forma, o candidato sai daqui com todas essas etapas vencidas e pronto para realizar a autoescola”, afirma a diretora geral do Detran, Renata Coelho. Ela destaca que a repescagem é uma oportunidade indispensável para quem ainda não concluiu o ingresso no programa.

Programa Social

Crédito: Divulgação
Criado pelo Governo do Estado para ajudar a população de baixa renda, o CNH Pai D’égua tem como diferencial o fato do acesso à Carteira Nacional de Habilitação ser de forma totalmente gratuita. Após realizar o processo de matrícula e exames, o candidato realiza a autoescola com toda as despesas pagas pelo Governo, via Detran. Nesta fase de repescagem, o atendimento é voltado tanto para quem se inscreveu para a primeira habilitação quanto para quem vai renovar ou adicionar categoria.

Crédito: Divulgação
O estudante João Vitor, de 18 anos, foi selecionado para primeira habilitação, na categoria B. O jovem não conseguiu vir no dia agendado, pois não tinha em mãos o certificado de ensino médio. Mas agora, já de posse do documento, ele aguardava ansioso pela segunda chamada. “Foi um alívio ser aprovado, pois não tenho condição de pagar por uma habilitação. Ter a CNH pode me ajudar até a conseguir um primeiro emprego, ter a carteira assinada”, declarou.

O auxiliar de expedição Sérgio José também foi aprovado para primeira habilitação, categoria A e B. Ele garante que estava só aguardando a repescagem para ter o processo concluído. “Poder participar do programa foi maravilhoso, é uma oportunidade que eu não posso deixar passar. Ter a habilitação vai agregar no meu atual emprego”, assegura.

A repescagem do programa CNH Pai D’Égua segue até o próximo dia 17, das 9h às 17h, na sede do Detran e nas Ciretrans (Circunscrição Regional de Trânsito). A expectativa do Detran é de que cerca de 4 mil pessoas se dirijam ao órgão para finalizar os seus processos de matrícula.

As informações são da Agência Pará

Deixe uma resposta