Polícia Federal apreende peixes ornamentais em Altamira e Rurópolis

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (28) a operação “Volta Grande do Xingu” para cumprimento de mandados de prisão e apreensão em duas cidades paraenses. As ações são decorrentes de investigações sobre o tráfico internacional de peixes ornamentais, organização criminosa e lavagem de capitais.

A Justiça Federal expediu 02 mandados de prisão preventiva e 08 mandados de busca e apreensão com alvos nas cidades de Altamira/PA e Rurópolis/PA.

As medidas cautelares tiveram origem nas prisões em flagrantes realizadas no município de Altamira/PA, no final do ano de 2021 e nas constantes ações de fiscalização ambiental.

São investigados os crimes:

• Organização criminosa (art. 2º, Lei nº 12850/2013);

• Lavagem de capitais (art.1º, Lei nº 9.613/1998);

• Lei de Crimes Ambientais (art. 34, Parágrafo Único, III – Lei 9.605/1998);

As penas podem chegar ao patamar de 21 anos de condenação.

A operação recebeu esse nome em razão das espécies raras de peixes comercializados, as quais são encontrados apenas na região da Volta Grande do Xingu.

As informações são da PF

Deixe uma resposta