Polícia prende e recaptura foragidos na RMB e em mais cinco municípios do Pará

Foto: Divulgação

Nas primeiras horas da manhã deste sábado (29), o Sistema de Segurança Pública do Estado deflagrou a “Operação Target” (alvo), com o objetivo de realizar a repressão ao crime organizado na Região Metropolitana de Belém e em mais cinco municípios do estado, sendo eles, Marabá, Tucuruí, Capitão Poço, Bragança e Castanhal. A operação foi coordenada pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), que de forma integrada, reuniu os órgãos de segurança pública do Estado e municípios para uma força-tarefa em combate a criminalidade.

“Hoje deflagramos mais uma operação integrada, coordenada pela Segup com todos os órgãos de segurança do Estado, e também, contando com o empenho das Guardas Municipais, órgãos de trânsito municipais, todos envolvidos para que possamos sempre demonstrar a articulação e o poder da integração no combate ao crime organizado. Nós estamos atuando em várias regiões cumprindo mandados de prisão de alvos envolvidos com organizações criminosas, dando mais um forte golpe nessas fações para que possamos ter, cada vez mais, a paz social no nosso Estado”, afirmou o secretário de Segurança Pública do Estado, Ualame Machado.

Foto: Divulgação

A Operação foi articulada com o apoio integrado das equipes de inteligência dos órgãos de segurança, que por meio de procedimentos de análise criminal, mapearam pontos estratégicos na RMB e nos interiores, a fim de, auxiliar na localização dos principais alvos da operação.

As equipes iniciaram as atividades às 4h30 da manhã, partindo da Delegacia Geral da Polícia Civil, para os locais pré determinados, com objetivo de dar cumprimento a mandados de prisão, realizar busca e recaptura de foragidos da justiça, bem como, na recaptura de monitorados do sistema penal.

Durante a operação foram realizadas diligências que culminaram na prisão de 9 pessoas, destas, 3 recapturadas. O policiamento nas áreas mapeadas foi intensificado, além de barreiras montadas em pontos específicos, com o intuito de fiscalizar veículos em ações suspeitas. A ação finalizou no final da manhã deste sábado.

Foto: Divulgação

CICC – A operação foi monitorada no Centro Integrado de Comando e Controle do Estado (CICC), de onde os pontos focais dos órgãos coordenaram e monitoraram, através das câmeras de videomonitoramento as equipes que seguiram em diligência nas vias da Região Metropolitana.

“Iniciamos as atividades nas primeiras horas dessa manhã com o propósito de realizar uma saturação ostensiva em áreas previamente selecionadas para que pudéssemos atingir o nosso objetivo. Nossas equipes se mantiveram concentradas para que pudéssemos de forma estratégica alcançar a meta estabelecida para essa operação. Conseguimos efetuar prisões e mostrar a sociedade que o sistema de segurança está unido e integrado para reprimir as ações criminosas e combater o crime organizado de forma técnica, e amparados pela justiça”, destacou o secretário adjunto de Operações da Segup, em exercício, Luciano de Oliveira.

Integração – A ação contou com o reforço de cerca de 300 agentes de segurança. Participaram da operação os órgãos do Sistema de Segurança, entre eles, Polícia Milita, Polícia Civil, Secretaria de Administração Penitenciária, Polícia Científica, Departamento de Trânsito do Estado (Detran), Corpo de Bombeiros e Guardas Municipais de Belém, Ananindeua e Marituba. A operação contou também com uma aeronave do Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp).

Fonte: Agência Pará

Deixe uma resposta