Ação conjunta da Polícia Federal reprime crimes ambientais

A Polícia Federal, em ação conjunta com o IBAMA, Ministério do Trabalho, Ministério Público do Trabalho e Força Nacional, realizou uma série de ações na denominada Operação Guardiões do Bioma. Os trabalhos têm como objetivo prevenir e reprimir crimes contra o meio ambiente nos municípios que compõem a circunscrição da cidade paraense de Altamira.

Durante a operação, dos dias 9 a 11 de maio, foram realizadas fiscalizações em diversos municípios, considerados críticos em números de desmatamento. Como resultado das ações, foram apreendidos vários bens utilizados em crimes: dois caminhões, um trator, 900 litros de óleo diesel, um rádio satelital, que é proibido, e uma arma de fogo. Também foram retidos 9,9 metros cúbicos de madeira.

Ainda foram lavrados autos de infração ambiental e termo de embargo pelo IBAMA, bem como identificados 16 trabalhadores com direitos trabalhistas sonegados, sendo um menor de 18 anos em atividade proibida.

Os possíveis responsáveis pelos crimes constatados foram intimados a comparecer à Delegacia de Polícia Federal em Altamira para serem ouvidos pela Autoridade Policial, pelo Procurador do Trabalho e pelos Auditores Fiscais do Trabalho. As diligências podem resultar em assinaturas de Termos de Ajuste de Conduta, ajuizamento de Ações Civis Públicas e lavratura de Autos de Infração, sem prejuízo do que se concluir no Inquérito Policial. (DPF)

Deixe uma resposta