Após quatro dias desaparecidos, professor e esposa são achados mortos em Goianésia do Pará

O professor universitário Nielson Ribeiro e sua esposa Chen Mei Yin foram achados mortos em uma região em Goianésia do Pará, no sudeste paraense, na tarde desta quinta-feira (27). O IML de Tucuruí foi acionado para a região para trabalhar na remoção dos corpos. O veículo capotou, e ambos podem ter morrido em decorrência do acidente, mas a a Polícia Civil ainda investiga o caso. O núcleo avançado do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves em Tucuruí foi acionado para remover os corpos e se desloca para a região.

Em nota, a Polícia Civil do Pará informou que o carro do casal desaparecido foi encontrado por volta das 12h, no trecho do KM 15 da PA-263, entre os municípios de Breu Branco e Goianésia do Pará.  O veículo foi localizado por meio de reconhecimento aéreo feito pela aeronave do Grupamento Aéreo de Segurança Pública – GRAESP. Os corpos das vítimas  foram encontrados logo em seguida. “As equipes da Polícia Civil já estão no local realizando diligências para apurar o caso. O Centro de Perícias Científicas Renato Chaves também já foi acionado”, disse o comunicado da Polícia.

O caso

O professor Nielson da Paixão Ribeiro e a sua esposa, a auxiliar administrativa de origem chinesa Chen Mei Yin, estavam sendo procurados pela família desde o último dia 23, depois de fazerem a travessia do Rio Xingu em uma balsa. O último contato com a família foi feito em um trecho entre Novo Repartimento e Marabá, e desde então, ambos seguiam com paradeiro desconhecido.

O casal estava junto há quatro anos, após se conhecerem no Rio de Janeiro, onde a chinesa naturalizada brasileira morava desde a infância. Chen Mei era funcionária da State Grid Corporation, empresa de energia da China que atua em Belo Monte e, por isso, o casal tem uma casa em Altamira, mas também possuem residência em Belém, onde Nielson lecionava no Instituto de Tecnologia (ITEC) da UFPA. Ele também era coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química da instituição.

Referência em nanotecnologia e química sustentável

A morte do professor Nielson Fernando da Paixão Ribeiro, encontrado sem vida junto de sua esposa Chen Mei Yin na tarde desta quinta-feira, após quatro dias desaparecido, deixou a comunidade acadêmica em luto e representa a perda de um dos grandes pesquisadores em engenharia e química para o desenvolvimento sustentado na região.

Professor-adjunto da Faculdade de Engenharia Química da Universidade Federal do Pará (UFPA), o professor e pós-doutor Nielson era desde 2015 coordenador do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química do Centro Tecnológico – Departamento de Engenharia Química da UFPA.

Entre as disciplinas que ministrava estavam pelo menos duas ligadas ao campo de pesquisa em nanomateriais e nanotecnologia (ligados ao campo de conhecimento e manipulação de materiais em escala muito pequena) e em Engenharia Química.

Com grande experiência na área de Engenharia Química, com ênfase em Cinética Química e Catálise, as principais linhas de atuação em pesquisa do professor Nielson Ribeiro focavam estudos em nanocatálises (reações em pequena escala), caracterização de materiais, tecnologias do hidrogênio e a chamada química verde – nova área destacada da Química focada em esforços para que elementos químicos não causem degradação da natureza.

Nielson Ribeiro começou sua carreira ao se formar em Engenharia Química pela UFPA em 2001. Depois, obteve o mestrado em Engenharia Química pelo Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (COPPE) da Universidade federal do Rio de Janeiro (UFRJ), um dos mais renomados centros de pesquisa brasileiros, em 2004. Em 2008 obteve o doutorado em Engenharia Química pelo mesmo Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia. Além disso, Nielson tinha dois pós-doutorados pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), sendo um deles em Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química (Reatores Químicos).

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta