Repórter é xingada e agredida em unidade de saúde por funcionário

A repórter Julie Alves, do programa ‘Fala Baixada’, da CNT, foi agredida em uma unidade de saúde em Japeri, região metropolitana do Rio de Janeiro na tarde da última quinta-feira (24). O cinegrafista que a acompanhava também foi alvo das agressões e precisou ser atendido junto com a repórter no posto de saúde.

As agressões foram feitas por um funcionário público, que também foi racista com os jornalistas. “Ele me chamou de macaca, de piranha, de mandou para a p… que pariu. Isso nunca tinha acontecido comigo. Estou péssima”, informou a repórter. A reportagem de Julie Alves não tinha relação direta com a unidade de saúde, mas com um lixão vizinho ao prédio público.

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta