Produtor de cacau do Pará concorre a prêmio de melhor amêndoa do mundo

O produtor do município de Novo Repartimento, na Região de Integração do Lago Tucuruí, João Evangelista, conhecido popularmente na comunidade onde mora como “Rogério”, terá um dia especial nesta quinta-feira (16). Ele é o único do Pará e um dos três do Brasil que concorre à premiação francesa Cocoa of Excellence (Cacau de Excelência), que é considerada a mais importante premiação do segmento. A grande final ocorrerá em formato virtual em função da pandemia do novo coronavírus.

Além de “Rogério”, outros dois produtores – ambos do estado do Bahia – também concorrem ao título de melhor amêndoa de cacau do planeta. No total, 50 produtores de diversas partes do mundo estão no páreo.

O Cocoa of Excellence Awards é uma competição global para reconhecer o trabalho dos produtores de cacau e celebrar a qualidade, a diversidade de sabores e origens únicas. Conta com renomados especialistas em avaliação sensorial que compõem o corpo de jurados que apreciaram as amostras de grãos de cacau. De acordo com as informações da organização da premiação, as 50 melhores amostras de 2021 foram processadas em um chocolate amargo e avaliadas às cegas pelo Comitê Técnico do Cacau de Excelência e por um painel mais amplo de profissionais, fabricantes de chocolate e especialistas em avaliação sensorial.

Expectativa

Nascido no Maranhão, na cidade de Brejo, na comunidade de Gameleira, o produtor João Evangelista se mudou ao Pará quando tinha apenas 18 anos, mais precisamente, para o município de São Félix do Xingu. Desde 2013, passou a morar no assentamento Tuerê, a 130 quilômetros da sede de Novo Repartimento, onde começou a trabalhar com cacau.

Ele acompanhará a premiação no estado da Bahia, mais precisamente em Ilhéus, onde acontece de 16 a 19 deste mês a 12ª edição do Chocolat Festival da Bahia, com a participação de representantes da Secretaria de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap) e de produtores paraenses.

“Eu sou um simples cultivador de cacau, mas faço meu trabalho com muita dedicação e carinho pelo meio ambiente; estou muito satisfeito pelo fato do cacau que a gente cultiva ser selecionado entre os melhores e sendo o único do Pará a concorrer nesta premiação”, declarou Evangelista. Ele ressaltou, também, que recebe o apoio da Fundação Solidaridad, que acompanha e desenvolve um programa de cacau sustentável na Amazônia. Foi através do incentivo da Fundação que ele se inscreveu ao Cocoa of Excellente e pôde fazer o envio das amostras de amêndoas para participar da seletiva.

Para João Evangelista, “a indicação à premiação já é uma vitória, pois é o reconhecimento do trabalho realizado com afinco no Tuerê”. Diz que depois da sua indicação, a vida praticamente mudou. Tornou-se conhecido também fora de Novo Repartimento e já perdeu a conta de quantas entrevistas já deu para jornalistas de dentro e fora do Brasil.

O produtor participou este ano do 26º Salão Internacional do Chocolate, em Paris, e também do II Concurso Nacional de Qualidade de Cacau Especial do Brasil – Sustentabilidade e Qualidade, realizado em novembro último em Ilhéus, onde recebeu uma menção honrosa pela indicação ao Cocoa of Excellence.

Incentivo

O Governo do Estado, por meio da Sedap, segundo ressaltou o coordenador do Procacau, Ivaldo Santana, comemora a indicação de João Evangelista à premiação internacional. Santana ressalta que além de incentivar a produção de cacau de qualidade, a Sedap, como Secretaria de fomento, coordena o Fundo de Desenvolvimento da Cacauicultura do Pará (Funcacau), que financiou a participação dos produtores locais em eventos nacional e internacional.“

“Para nós é motivo de orgulho. Nossos produtores estão tendo cada vez mais o fruto do seu trabalho reconhecido; vamos aguardar o resultado da premiação, mas de antemão, sabemos que o João Evangelista já é um grande vencedor só de ter estar entre os 50 melhores do planeta. Estamos muito felizes com a indicação dele e vamos continuar a incentivar para que cada vez mais os nossos produtores possam continuar despontando entre os melhores”, ressaltou Santana.

Serviço: Quem quiser acompanhar a programação de premiação, que será transmitida no horário da Europa Central (cujo fuso horário tem uma diferença de quatro horas a mais) deve acessar o site http://www.cocoaofexcellence.org/.

O resultado dos ganhadores da América do Sul está previsto para ser divulgado entre 17h e 18h (entre 13h e 14h no horário de Brasília).

Fonte: Agência Pará

Deixe uma resposta