Prefeitura de Santarém e Sespa têm 24 horas para responder sobre atualização de dados da Covid-19

A Prefeitura de Santarém, no oeste do Pará, e a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), têm até 24 horas para informar ao Ministério Público Federal (MPF) o motivo pela não divulgação do boletim epidemiológico de casos e mortes pela Covid-19 no município. A Prefeitura não atualiza os dados desde o último dia 20. O MPF enviou ofícios nesta segunda-feira (22) à PMS e Á Sespa cobrando explicações.


O último boletim foi publicado no sábado (20), e desde então o site da Prefeitura não apresenta novos dados nem explicações sobre os motivos da não divulgação e previsão da retomada das publicações.

À imprensa a Prefeitura respondeu que a divulgação dos dados epidemiológicos depende de informações de responsabilidade da Sespa. Por isso, o MPF questionou a Prefeitura sobre quais medidas foram tomadas para que essas informações sejam enviadas de forma urgente, para possibilitar a divulgação à sociedade.


À Sespa o MPF requisitou que a Secretaria informe se a resposta da Prefeitura à imprensa procede. Em caso positivo, o MPF solicita que a Secretaria informe o porquê de tais dados não terem sido informados, qual a previsão de envio e que medidas serão tomada para evitar com que haja atraso na divulgação de informações para o público.
A Prefeitura de Santarém e a Sespa têm 24 horas para apresentar respostas ao MPF.

As informações são do MPF

Deixe uma resposta